A divulgação do Islam na Copa do Mundo de 2010

Louvado seja Deus, Senhor do Universo, que a paz e as bênçãos de Deus estejam sobre seu Nobre Profeta, sua família, seus companheiros e sobre todos os muçulmanos até o dia do Juízo Final.

Queridos irmãos, Deus nos disse no Alcorão Sagrado: “E quem é mais eloqüente do que quem convoca (os demais) a Allah, pratica o bem e diz: ‘Certamente sou um dos muçulmanos.”’ (41:33)

Nesses dias os olhos do mundo inteiro estão voltados para a África do Sul para acompanhar a Copa do Mundo, um evento internacional no qual são investidos milhões de dólares para sua realização. Nesta ocasião, a FIFA mobiliza um exército de profissionais como esportistas, jornalistas, patrocinadores, além de torcedores dos cinco continentes. Há também um outro exército que a mídia não dirige o seu foco e que é um motivo de orgulho para nossa religião: muçulmanos que estão se mobilizando para a divulgação do Islam na Copa do Mundo.

Uma revista islâmica aproveitou a oportunidade e a grande concentração de pessoas deu início ao projeto com o título “Descubra o Islam na Copa do Mundo da África do Sul”.  A revista teve apoio de diversas entidades muçulmanas do mundo inteiro para a distribuição de um milhão de livros com os títulos Descubra o Islam; Conheça o seu Profeta e a Tradução do significado dos versículos do Alcorão Sagrado.

            Queridos irmãos, muitos entre nós não conhecem a comunidade islâmica na África do Sul; ela é considerada uma das menores do mundo em quantidade de muçulmanos – menos de um milhão de muçulmanos (cerca de 2% da população do país) –, entretanto, ela está entre uma das mais fortes e mais eficazes na religião.

            Essa comunidade muçulmana conseguiu construir nada menos que 400 mesquitas, 100 escolas islâmicas, organizaram 5 estações/emissoras de rádio e TV além de constituir 2 ministros e 20 deputados muçulmanos.

            Essa comunidade é um verdadeiro exemplo de união para outras comunidades islâmicas no mundo.

            Meus irmãos, esse projeto de divulgação do Islam durante a Copa nos faz lembrar o esforço que o Profeta fazia no surgimento de nossa religião; ele aproveitava toda e qualquer oportunidade em Makka, que era um importante centro comercial árabe, para divulgar o Islam – o resultado desse esforço é poder ver o estabelecimento da nossa religião em todas as partes do mundo.

            Assim deve agir todo o muçulmano: ele deve se preocupar com a divulgação da religião e guiar as pessoas para o caminho correto.

            Quantas oportunidades nós já perdemos para se fazer um trabalho de divulgação do Islam entre nossos amigos, vizinhos ou colegas de trabalho? Às vezes convivemos durante anos com um grupo de pessoas e nunca sequer falamos de nossa religião; talvez, em uma única tentativa, hoje essas pessoas poderiam estar presentes conosco durante este sermão.

            Queridos irmãos, o Islam vem crescendo cada vez mais, ainda que sejamos falhos no trabalho de divulgação, isto porque trata-se da verdadeira religião de Deus e um dia esta religião entrará em cada casa no mundo conforme prometido por nosso Profeta. Entretanto, não devemos abandonar nossa obrigação de divulgadores pois o Profeta Muhammad disse a Ali: “(...) Então convida-os a abraçarem o Islam e lembra-os das suas obrigações e dos seus deveres com Deus. Por Deus, mesmo que Ele guie uma simples pessoa, por teu intermédio, isso será muito melhor para ti do que uma cáfila de camelos vermelhos (uma espécie valiosa de camelos)”. (Mutaffac Alaih)

            Tenho certeza que muitas pessoas que viajaram para acompanhar os jogos, mesmo que seus times tenham perdido, voltarão com algum conhecimento sobre a mensagem do Islam, a qual tem um valor muito maior do que todo o ouro existente na Terra.

            Pedimos a Deus, louvado seja, que nos ajude a sermos divulgadores no caminho Dele e que nós sejamos guiados e também guiadores; não desviados e desviadores, pois, Ele é o Misericordioso.

 

Sheikh Mohamad Al Bukai 02/07/2010